25/12/2013 | 11h22m

Morte por afogamento

Adolescente de 14 anos morre afogada em Governador Celso Ramos

Bombeiros orientam que banhistas tenham atenção à sinalização dos guarda-vidas

Helicóptero Arcanjo faz o resgate na praia da Palmas

Helicóptero Arcanjo faz o resgate na praia da PalmasCorpo Bombeiros / Corpo de Bombeiros

Uma adolescente de 14 anos morreu afogada na tarde da terça-feira, dia 24, véspera de Natal, na praia de Palmas, em Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis. Kaira da Silva Vitório recebeu o atendimento  do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu. A ocorrência foi registrada por volta as 14h.

O helicóptero Arcanjo do Corpo de Bombeiros foi chamado e uma equipe formada por um médico e um efermeiro trabalhou durante 30 minutos tentando reanimá-la, mas a menina não resistiu.O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Florianópolis e depois liberado.

Segundo os bombeiros, a praia de Palmas  não é um local considerado perigoso. Há, no entanto, registro de arrastamentos, casos em que o banhista é puxado pela força da água para dentro do mar, como o que houve com três adolescentes na tarde desta terça-feira.

O helicóptero Arcanjo foi acionado também para atender um homem de 26 anos, vítima de afogamento na Guarda do Embaú, próximo ao Costão da Praia da Gamboa. Ele foi reanimado e encaminhado ao Hospital Universitário de Florianópolis onde passa bem. 

A orientação do Corpo de Bombeiros é de que o banhista fique atento para a sinalização dos guarda-vidas na faixa de areia. Vale lembrar que a bandeira verde indica mar calmo, bandeira amarela, mar agitado e bandeira vermelha, mar perigoso.

Para ficar livre de riscos, a orientação é de que o banhista entre no mar apenas  em regiões de bandeira verde e amarela. Crianças devem ser monitoradas pelos pais e adolescentes que não sabem nadar nunca devem ir à praia sem a presença de um adulto. No caso de qualquer emergência, acione o posto de guarda-vidas instalado na praia ou 193, a emergência do Corpo de Bombeiros.